Pesquisa personalizada

domingo, 17 de janeiro de 2010

Memórias de um sargento brasileiro

Longe da pieguice que porventura venha me cobrar, o papel dos militares brasileiros no Haiti vai muito além de impor a paz entre milicianos haitianos ou de conseguir uma "vaguinha" no Conselho de Segurança da ONU.

Uma imagem revelada hoje pelo Jornal Nacional da Rede Globo, mostrou a todos nós que as Forças Armadas Brasileiras estão preparadas para uma outra guerra, a guerra contra a miséria, disparando mísseis com alto teor de solidariedade e eficiência.

A relação dos militares brasileiros com o povo haitiano que já era boa antes dessa catástrofe,agora tende ficar ainda melhor.Já pensou se o Brasil não estivesse lá?

O blog rende homenagem ao sargento do Exército Brasileiro,Marco Antônio Leôncio,ao protagonizar uma belíssima cena entre o horror dos escombros de Porto Príncipe quando do salvamento à enfermeira haitiana Jean Batiste.Ela se encontrava num hospital de 5 andares que foi totalmente destruído pelo terremoto e depois, o encontro entre os dois.Veja o vídeo abaixo e ouça as palavras do sargento, um herói da paz.

Fonte: Portal G1

2 comentários:

Angeline disse...

Verdadeiramente emocionante! Parabéns pela postagem.

Herval Junior disse...

Sim, Angeline.Definitivamente,o Haiti não é aqui.

Entre em contato com o blog


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


Desde 01/01/2009

Arquivo do blog